Andrés está no exterior pelo naming rights da Arena Corinthians

Ex-presidente do Corinthians deixou o Brasil no início da semana para avançar negociações da venda do nome do estádio do clube, palco de abertura da Copa-2014

LANCEPRESS! - 31/10/2013 - 22:31 São Paulo (SP)

Em outubro/13, Arena Corinthians chegou a 92% de sua conclusão (crédito: divulgação/Odebrecht)

Andrés Sanchez está no exterior para tentar avançar as negociações dos naming rights (propriedade sobre o nome) da Arena Corinthians. A viagem e o motivo da mesma foram confirmadas ao LANCE!Net por uma pessoa próxima ao ex-presidente do clube. A informação foi divulgada pelo site da ESPN Brasil, que revela a presença de Andrés na cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, além da busca pelo fechamento do acordo com a Emirates Airlines.

No início de setembro, o site do jornal "O Estado de S. Paulo" chegou a divulgar que a companhia aérea, uma das principais do mundo, já tinha firmado acordo com o clube para o pagamento de R$ 450 milhões por 20 anos da propriedade sobre o nome do estádio que receberá a abertura da Copa de 2014. Na ocasião, Andrés Sanchez negou que a Emirates tivesse adquirido os naming rights, afirmando ainda que uma de suas concorrentes no mercado estava até mais próxima de um acordo.

E MAIS:
2014 é logo aí! Timão analisa dispensados para renovar elenco
Tottenham e Arsenal querem Pato, diz diário inglês
Fiel Torcedor: Timão lança plano gratuito de capitalização
Walter revela mudança de vida e apoio do amigo Cássio
VÍDEO! Clube prepara dispensas para 2014



As obras da Arena Corinthians estão a todo vapor, com 92% de sua conclusão. O clube ainda aguarda a liberação do empréstimo do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), de R$ 400 milhões, para quitar parte dos R$ 820 milhões do custo da obra. A demora para a liberação fará com que o clube tenha de pagar cerca de R$ 80 milhões de juros à construtora Odebrecht - o Timão espera receber o valor dos naming rights para quitar a totalidade desse empréstimo.

Em relação aos incentivos fiscais da Prefeitura de São Paulo, apenas parte dos Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento (CIDs) foi liberada, mais precisamente R$ 156 milhões que, posteriormente, serão negociados com empresas privadas em troca de isenção de tributos municipais. Os outros R$ 264 milhões ainda estão pendentes.

A Arena Corinthians, que receberá a abertura da Copa de 2014, terá 48 mil lugares. Para o Mundial, com ajuda de duas arquibancadas móveis atrás dos gols, o estádio terá 68 mil assentos à disposição dos torcedores.

Você comentarista: