Atual ataque do Corinthians é um dos piores da história do clube no Brasileirão

Com apenas 19 gols em 20 jogos, Corinthians tem o 3º pior ataque do BR-13 e o oitavo pior do clube na competição desde 1971. É o ataque que menos chuta na atual edição!

Rodrigo Vessoni e Renato Rodrigues - 14/09/2013 - 09:00 São Paulo (SP)

Tite - Treino do Corinthians (Foto: Alan Morici/LANCE!Press)

Em 1981, Wilsinho e Rui Rei. De 1987 a 1990, Edmar, João Paulo, Ronaldo Marques, Paulinho Carioca, Fabinho, Mauro e Tupãnzinho. Em 1996/97, Alex Rossi, Alcindo, Frank Williams e Mirandinha. Os anos acima marcaram os piores ataques do Corinthians no Campeonato Brasileiro, que é disputado desde 1971. Os jogadores listados foram alguns dos personagens que compuseram esses ataques que não deixaram saudade.

Pois Emerson, Alexandre Pato, Guerrero, Tite e companhia parecem querer entrar nessa sofrível lista já que o ataque do Timão no Brasileirão deste ano tem média inferior a um gol por partida.

Com apenas 19 gols marcados em 20 partidas, o Corinthians ocupa a antepenúltima posição entre os 20 clubes, ficando à frente apenas de São Paulo e Náutico, que estão na zona de rebaixamento.

A média de gols marcados pelo Timão (0,95) é a sétima pior do clube na história da competição. Péssimo para um time que ostenta o título de atual campeão mundial e que ainda se reforçou com Pato, contratado por R$ 40 milhões. Isso sem falar na falta de qualidade de boa parte dos rivais que têm mais gols.

Uma das explicações pode ser o fato de a equipe chutar muito pouco a gol. A média do Corinthians no Brasileirão é de apenas 10,9 por partida, a pior entre os 20 clubes participantes. O Cruzeiro, dono do melhor ataque, com 44 gols, também é o que mais finaliza, com média de 17,2.

Se o ataque é de riso, a defesa faz qualquer torcedor sentir orgulho. São apenas nove gols sofridos em 20 jogos. A média de 0,45/jogo é a melhor da história do clube no Brasileiro, que é disputado desde 1971. Como faz e sofre poucos gols, o Timão é o segundo time com mais empates (nove), só atrás do Internacional (dez).

MEIAS: NÚMEROS RUINS AO FINALIZAR

Apesar de o trio Emerson-Pato- Guerrero ser o maior responsável por fazer gols pelo Timão, os meias também deveriam contribuir melhor nesta seca de bolas na rede. Romarinho, Danilo, Douglas e Renato Augusto, no entanto, não mostram números eficientes na hora de finalizar.

Se levarmos em conta o número de gols então, o desempenho é ainda pior. O quarteto marcou apenas duas vezes, sendo um de Romarinho e outro de Renato Augusto.

Desses, Renato é quem mais arrisca nos chutes. Machucado no momento, ele tem média de 1,5 tentativa por jogo, sendo 1,1 errada e 0,4 certa. Logo atrás vem Romarinho com 1,4 – 0,8 errada e 0,6 certa.

Ainda em branco neste Brasileirão, Douglas e Danilo pouco arriscam. O primeiro tem uma média de 0,5 (0,3 fora do alvo e 0,2 acerto). Já o segundo, vivendo má fase na equipe, tem 0,4 (0,3 de chute errado e um mísero 0,1 de chute certo).

MÉDIA DE GOLS DO CORINTHIANS NA HISTÓRIA DO BRASILEIRO:

1971: 1,32 / 1972: 1,06 / 1973: 1,00 / 1974: 1,20 / 1975: 1,07 / 1976: 1,34 / 1977: 1,26 / 1978: 1,11 / 1980: 2,38 / 1981: 0,93 / 1982: 1,58 / 1983: 2,10 / 1984: 1,29 / 1985: 1,03 / 1986: 1,40 / 1987: 0,60 / 1988: 0,91 / 1989: 0,83 / 1990: 0,92 / 1991: 1,21 / 1992: 1,28 / 1993: 1,90 / 1994: 1,38 / 1995: 1,39 / 1996: 0,86 / 1997: 0,92 / 1998: 1,78 / 1999: 2,10 / 2000: 1,08 / 2001: 1,70 / 2002: 1,61 / 2003: 1,32 / 2004: 1,17 / 2005: 2,07 / 2006: 1,07 / 2007: 1,05 / 2009: 1,31 / 2010: 1,71 / 2011: 1,39 / 2012: 1,34 / 2013: 0,95 Obs: não disputou em 1979 e, em 2008, foi na Série B  

MELHORES ARTILHARIAS NO BRASILEIRO 2013:

Cruzeiro (44), Atlético-PR (35), Internacional (34), Botafogo (33), Vasco (29), Portuguesa (28), Grêmio (28), Criciúma (27), Vitória (25), Santos (23), Fluminense (23), Coritiba (23), Flamengo (21), Atlético-MG (21), Ponte Preta (20), Goiás (20), Bahia (20), Corinthians (19), São Paulo (18) e Náutico (9).

BATE-BOLA - GUERRERO

Como vê a situação do Corinthians no Brasileirão?
Acho que o Corinthians ainda está na briga do Brasileiro e na Copa do Brasil. Tem de retomar, acho que passamos jogos negativos, mas confio que vamos retomar.

Ainda acha que é possível brigar pelo título, mesmo estando 13 pontos atrás do líder Cruzeiro?
Lógico, vocês sabem mais do que eu, é só minha segunda vez aqui (disputando o Brasileirão)... Sabem que campeonato do Brasil sempre acontecem coisas. Dá pra brigar até o último jogo, tenho confiança de que posso sair campeão.

Por que o time não consegue fazer gols? Por que tem campanha tão irregular na competição?
Não tenho explicação. Mas tenho confiança de sair campeão. Todo time passa por jogos negativos, épocas que são negativas, depois de sair campeão de tudo que jogou. A gente vai retomar e brigar por campeonatos. Tenho confiança de que a gente vai brigar ainda.

Quais são ou foram os problemas da equipe, na sua opinião?
Infelizmente, a equipe teve muitos jogadores machucados, suspensos... Mas a equipe vai retomar, tenho certeza disso.

Você comentarista: