Sheik reclama de machismo no futebol e 'preconceito babaca' após selinho

Atacante corintiano postou foto polêmica em seu Instagram e fez com que cinco torcedores fossem ao CT do Timão para protestar: 'A galera levou para um lado negativo'

LANCEPRESS! - 19/08/2013 - 13:57 São Paulo (SP)

Emerson deu um selinho em um amigo e postou foto no Instagram

Emerson Sheik demonstrou enorme revolta ao falar da polêmica foto que postou no Instagram, dando um selinho no amigo, dono de um famoso restaurante em São Paulo. Vítima de um protesto por parte de alguns corintianos no CT do Timão, na manhã desta segunda-feira, o camisa 11 reclamou do machismo e, principalmente, do "preconceito babaca" que envolve o tema.

- O mundo do futebol é muito machista. Em nenhum momento, quero deixar bem claro, desrespeitei ninguém, e se alguém sentiu isto, desculpa. Lá era a pessoa Emerson, não o atleta Emerson. Tenho imenso carinho pelo Izac (dono do restaurante), que agrega muito na minha vida, é um queridão. A esposa dele está grávida de nove meses e galera levou para um lado negativo. É um preconceito babaca - reclamou o jogador, em entrevista para a TV Bandeirantes.

E MAIS:
> Antes do protesto, Guerrero brincou: 'Quem não sabe que Sheik é maluco?'
> Timão tem treino com auxiliar tagarela, ausência de ex-titular e aplausos a Sheik
> Secretário-geral da Fifa elogia obras no entorno da Arena Corinthians
> No CT, cinco torcedores protestam contra selinho de Sheik no Instagram

Depois das diversas manifestações na internet, a postagem do atacante gerou a reclamação de alguns corintianos nesta manhã. Após o treinamento, cinco torcedores que integram a organizada Camisa 12 aproveitaram o horário de almoço para levar faixas ao CT contra a atitude do jogador. Com faixas com as inscrições "Viado não" (sic) e "Vai beijar a P.Q.P, aqui é lugar de homem,", eles cobraram um pedido de desculpa do atacante.

- Com todo o respeito que tenho pelo torcedor corintiano, não chamo ninguém de babaca, mas o preconceito é babaca, desnecessário. Tem outras fotos desta, eu dando selinho no meu filho, em duas amigas. A Hebe beijava todo mundo - acrescentou o jogador, que alegou saber que a foto iria gerar confusão.

- Ali não foi nada sem vergonha, de maldade. A brincadeira foi abordar um assunto que todo mundo bate o pé. Quem se sentiu ofendido, desculpa, mas este sou eu fora de campo - completou.

Torcedores corintianos protestam no CT contra selinho de Sheik

Você comentarista: