Prioridade da atual gestão, CT da base do Timão terá até mini estádio

Considerado prioridade para Mário Gobbi em 2013, CT das categorias de base do Corinthians promete ser tão moderno quanto ao utilizado pelos profissionais

Rodrigo Vessoni - 26/12/2012 - 06:04 São Paulo (SP)

CT Ronaldo Luís Nazário de Lima, que receberá as categorias de base do Corinthians, será construído ao lado do CT Joaquim Grava

Títulos internacionais, patrocínios, dinheiro, estádio cheio, fama mundial...não faltam motivos para o torcedor do Corinthians se orgulhar do clube. Para a diretoria, porém, ainda há uma lacuna a preencher: a construção do Centro de Treinamento das categorias de base, considerada prioridade para o presidente Mário Gobbi (veja abaixo).

O L!Net teve acesso ao projeto desenvolvido pela BUDAUGALO Arquitetos, que prevê até um mini estádio para duas mil pessoas no CT Ronaldo Luís Nazário de Lima – homenagem ao Fenômeno está definida. Anexo ao local de treinamentos da equipe profissional, no Parque Ecológico do Tietê, o terreno de 59 mil metros quadrados terá 9 mil de área construída, três campos oficiais (105x68m) em grama natural, além de um menor de grama sintética.

Haverá ainda alojamento para 152 atletas, sendo quatro categorias com 32 atletas e um específico com capacidade para 24 atletas em teste ou para intercâmbios com outros times, além de refeitório e cozinha dimensionados para 200 refeições/dia. Mini escola com duas salas de aula, auditório, áreas administrativas, entre outros, também fazem parte do projeto do CT (detalhes abaixo).

– Colocamos como meta fazer 30 obras, dez a cada ano de mandato. Já inauguramos dez no primeiro ano, mas sem dúvida o CT da base é a principal delas – explicou Gobbi.


O clube não deverá gastar recursos próprios. Tudo porque o projeto enviado ao governo, baseado na Lei de Incentivo ao Esporte, foi aprovado no valor de R$ 43 milhões. A Lei prevê que empresas que declaram imposto de renda pelo lucro real (7% do total das empresas brasileiras) poderão aplicar até 4% do imposto devido em projetos esportivos.

Para iniciar a captação de recursos, o clube agora terá de apresentar Certidões Negativas de Débito (CNDs) – certidões municipal, estadual e federal já estão nas mãos dos dirigentes, faltando apenas a certidão de valores imobiliários (Prefeitura). Quando tudo tiver “ok”, o clube poderá ir ao mercado em busca de interessados. Foi assim que o rival São Paulo, por exemplo, conseguiu quitar boa parte dos gastos no CT de Cotia.

Neste momento, o terreno está apenas com sua terraplanagem executada. Apesar de o projeto total levar mais de um ano para ser concluído, a possibilidade de a obra ser executada por módulos poderá fazer com que os garotos que, neste momento estão em alojamentos improvisados em Guarulhos, tenham a chance de dormir no CT. A ideia é a de alojá-los no local e, aos poucos, terminar o restante dos setores do Todo Poderoso Terrão...

COM A PALAVRA

Mário Gobbi Filho, presidente do Corinthians, ao L!Net

"Prioridade da minha gestão é o CT da base"

"Andrés (Sanchez, ex-presidente) tinha como prioridade construir o departamento de futebol e eu tenho de manter o que foi construído e melhorar. O Andrés tinha como prioridade fazer um marketing, fazer o Corinthians ser referência, eu dou sequência. A gestão do Andrés atingiu esse patamar, que há sempre e nós estamos mantendo. Por exemplo, a minha prioridade hoje é a base. Eu preciso construir o CT da base. Não é que ele (Andrés) deixou, é que não dá para fazer tudo. Era muita coisa. Quando você (repórter) diz 50 anos em cinco, foi isso que foi feito aqui. Foi uma força-tarefa aqui. O Andrés implantou um ritmo de trabalho alucinante, mas não dá para fazer tudo. O CT da base é a prioridade da minha gestão, eu preciso sair daqui entregando-o pronto. Estou prometendo? Não, estou dizendo que trabalharei e vou fazer tudo para fazer o CT da base, que é prioridade. A prioridade era o estádio, e saiu, agora eu tenho de fazer? Terminar e assim vai..."

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:

Instalações Esportivas e Técnicas
- 3 campos padrão Fifa (105x68m) em grama natural.
- 1 campo (82x50m) em grama sintética.
- 1 pista de cooper com 365,00m de comprimento em grama sintética.
- Mini estádio com capacidade para 2 mil pessoas cobertas, e Tribuna para 165 pessoas cobertas.
- Instalações para jogos de Competições federadas, contendo vestiários para os clubes e Arbitragem.
- Piscina com três profundidades para treinamentos com diferentes categorias simultaneamente.
- Vestiários para as quatro categorias, separadas por idade conforme o Estatuto da Criança e Adolescente.
- Vestiários e Área para Comissão Técnica separados por cada categoria.
- Rouparia unificada
- Departamento Médico, Fisiologia, Fisioterapia e Hidroterapia integrados.
- Academia para preparação física, integrada á pista de cooper.
- Mirante para controle Biométrico dos atletas por GPS, durante os treinos com bola e físicos.

Instalações de Lazer e Escola
- Mini escola com duas salas de aula e auditório
- Salas de podologia, dentista e psicologia
- Sala de Jogos, TV, internet e varanda coberta para recreação.

Administrativos
- Portaria com recepção e duas salas de reunião para atendimento de visitantes.
- Sala para motoristas de Ônibus com TV e Copa.
- Áreas administrativas completas para funcionários e diretoria

Descanso
- Alojamentos para 152 atletas, sendo 4 categorias com 32 atletas e um específico com capacidade para 24 atletas em teste ou para intercâmbios com outras equipes.
- Refeitório e Cozinha dimensionados para 200 refeições/dia.

Áreas de Apoio
- Setor de Manutenção
- Lavanderia
- Almoxarifado Central
- Instalações completas para funcionários, contendo Sala de Descanso e Vestiários.

Você comentarista: