Barcos brilha de novo e Palmeiras bate o Botafogo no Engenhão

História se repete, desta vez pelo Brasileirão, cariocas jogam melhor, mas camisa 9 do Verdão brilha e dá vitória aos paulistas por 2 a 1

LANCEPRESS! - 08/08/2012 - 23:42 Rio de Janeiro (RJ)

Botafogo x Palmeiras - Campeonato Brasileiro - Elkeson e Fellype Gabriel (Foto: Paulo Sérgio)

Mudou o campeonato, mas a história se repetiu. Assim como na última semana, o Botafogo pressionou o Palmeiras, jogou melhor, criou chances e saiu derrotado com gols de Barcos, por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Esta foi a primeira vitória da equipe paulista fora de casa na competição. Já Alvinegro amargou mais um derrota em seus domínios.

PREIMEIRO TEMPO: BOTAFOGO PRESSIONA E SAI PERDENDO

Animado com a vitória sobre o Atlético-GO no último sábado, o Botafogo começou a partida contra o Palmeiras no ataque. Com Seedorf orientando e levando o time à frente, o Alvinegro sufocou o Alviverde nos primeiros dez minutos, não dando chances ao adversário.

Porém aos 14 a história do confronto de semana passada, quando as equipes se enfrentaram pela Copa Sul-Americana, começou a se repetir. O lateral Artur puxou o contra-ataque pela direita e cruzou, Obina furou e a bola sobrou para Barcos. O artilheiro dominou com calma, deixou Antônio Carlos caído e tocou no canto de Jefferson: Palmeiras 1 a 0. Sensação de déjà vu da última quarta-feira, quando o Bota era melhor, mas levou o gol.

Com dois de Barcos, Palmeiras vence o Botafogo

Logo em seguida, Obina recebeu lançamento e quase fez o segundo para o Palmeiras, mas desperdiçou. Mesmo com os entreveros, o Botafogo manteve a calma e continuou superior em campo. Elkeson estava bem no ataque e levava perigo ao gol de Bruno. Aos 19, quase fez um gol de placa. Ele recebeu na direita, deu um lençol em Maurício Ramos e bateu de canhota, obrigando o goleiro a fazer uma excelente defesa, colocando para escanteio.

O predomínio do time da casa não parou, mas mais uma vez as chances não foram convertidas. Aos 29 minutos, uma das principais peças ofensivas do time deixou o campo. O lateral Márcio Azevedo, levou uma pancada nas costas e saiu para a entrada de Lima.

Na última chance, o zagueiro Fábio Ferreira, muito vaiado pela torcida, recebeu cruzamento da direita, dominou livre no segundo pau, mas bateu cruzado para fora: outro gol perdido. O Botafogo foi superior ao rival, como tem se repetido, mas também como nos outros confrontos, as chances foram desperdiçadas

SEGUNDO TEMPO: PRESSÃO, EMPATE E FRUSTRAÇÃO

Precisando buscar a vitória, O Botafogo voltou para o segundo tempo como iniciou e terminou o primeiro tempo: atacando. Correndo contra o tempo a equipe se lançou à frente e passou a ceder espaços para o Palmeiras em sua defesa. Apesar da grande sequência de jogos, e do consequente cansaço, os jogadores não se pouparam em campo em busca da virada.

A pressão foi premiada aos 13 minutos. Ótima jogada pela esquerda, Lima cruzou na medida e Andrezinho escorou para as redes. Era o empate no Engenhão para a alegria dos alvinegros. O meia alvinegro confirma a boa fase ao fazer mais um gol neste Brasileirão. O

O Botafogo não se contentou com o empate e continuou no ataque. Mas aos 27 minutos, um balde de água fria no time. Após mais uma confusão na área após um cruzamento, a bola sobrou para Fernandinho na esquerda. Ele passou como quis por Lennon e só rolou para Barcos fazer o segundo do Palmeiras.

Depois do segundo gol o Botafogo se desarrumou e só deu Palmeiras.

O Botafogo volta à campo no domingo, às 18h30, no Canindé contra a Portuguesa. Já o Palmeiras tem outro compromisso no Rio e no Olímpico João Havelange, só que desta vez contra o Fluminense, também no domingo, às 18h30.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 2 PALMEIRAS

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 8/8/2012, às 21h50 (de Brasília)
Renda/público: R$ 102.755,00 / 3.550 pagantes - 5.083 presentes
Árbitro:
Francisco Carlos Nascimento (FIFA-AL)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Antônio Guimarães Lugo (MS)
Gols: Barcos 14' 1º/T (0-1), Andrezinho 12' 2º/T (1-1), Barcos 27' 2º/T (1-2)
Cartões amarelos: Leandro Amaro (PAL)

BOTAFOGO: Jefferson; Lennon (Rafael Marques 32' 2º/T), Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo (Lima 29' 1º/T); Jadson, Renato, Fellype Gabriel (Fellype Gabriel 20' 2º/T), Andrezinho e Seedorf; Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Juninho; Henrique, Marcos Assunção e Patrik (Betinho 38' 2º/T); Fernandinho, Obina (Daniel Carvalho 17' 2º/T) e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Você comentarista: