Andrezinho se supera e vira artilheiro no Botafogo

Meia, que estava fadado a ficar no banco, mantém titularidade e tem marca semelhante à de grandes atacantes no Brasileiro

Gabriel Andrezo
Tiago Pereira
- 21/08/2012 - 08:19 Rio de Janeiro (RJ)

Andrezinho comemoração gol  - (Foto: Ramon Bitencourt)

O momento do Botafogo não é dos melhores e as críticas seguem em alta, principalmente, após mais um revés no Brasileirão, o último para o Atlético-MG. Mas, mesmo no momento complicado que vive o Glorioso, o exemplo de como se reerguer pode estar no próprio elenco. É o caso de Andrezinho, que marcou duas vezes diante do Galo e chegou a sete, apenas dois gols atrás de Vagner Love, do Flamengo, e Fred, do Fluminense.

Quando Seedorf foi anunciado como o grande reforço do Glorioso para a disputa do Campeonato Brasileiro, pelo momento dos jogadores, Andrezinho foi sacado para estreia do camisa 10, diante do Grêmio. A reserva não durou e o meia voltou já na partida seguinte, não saindo mais da equipe, muito pelo bom futebol, que cresceu com boas atuações e gols, mas também pelo fato de Fellype Gabriel, com algumas lesões, e Vitor Júnior, pela queda de rendimento, não se firmarem entre os 11 titulares do técnico Oswaldo de Oliveira.

Superação, esta, que contagiou até os companheiros. Tanto que o goleiro Jefferson não poupou elogios ao bom momento de Andrezinho com a camisa alvinegra.

– Ele sempre foi importante para o nosso grupo. Quando chegou ao Botafogo, algumas pessoas estavam desconfiadas e ele está se destacando agora, provando o seu valor – disse Jefferson, incentivando-o a acreditar ainda mais no poder de finalização:

– Acredito que ele tenha de entrar mais na área, porque define bem, quase sempre faz a diferença. Que continue nos ajudando. Apesar do bom momento, Andrezinho, após a partida, fez uma análise positiva do time:

– Contra nenhuma equipe a gente jogou atrás, mesmo fora de casa, com a pressão da torcida. Vamos corrigir os erros e voltar a vencer - afirmou o meia.

JOGADOR É ÚNICO MEIA ENTRE ARTILHEIROS

Além da boa fase que vive no Botafogo, Andrezinho ainda pode se orgulhar de uma outra marca bastante positiva. Com sete gols, o camisa 17 é o único meio-campista entre os 12 maiores artilheiros do Campeonato Brasileiro até o momento.

Andrezinho tem o mesmo número de gols que atacantes importantes em nível nacional, como o são-paulino Luis Fabiano, o palmeirense Hernán Barcos e o cruzeirense Wellington Paulista. Além disso, está a apenas dois gols do topo da lista, encabeçada por Fred, do Fluminense, e Vagner Love, do Flamengo.

Entre os jogadores alvinegros, quem está logo atrás de Andrezinho é Elkeson. O atacante, que passou a jogar como referência no ataque depois das saídas de Loco Abreu e Herrera, já soma cinco gols no Brasileirão.

Os dois jogadores obtêm destaque pelo Alvinegro justamente depois da desconfiança que pairava sobre o setor ofensivo, que dispunha de poucos "camisas 9" para a função de centroavante dentro da equipe botafoguense.

PRIMEIRO GOL DEMOROU A SAIR

Mesmo sendo o artilheiro do Botafogo no Brasileirão, o meia Andrezinho demorou para marcar pela primeira vez com a camisa do Botafogo. Depois de passar todo o Campeonato Carioca em branco, o camisa 17 só foi fazer seu primeiro gol durante o Campeonato Brasileiro e acabou deslanchando.

Andrezinho chegou ao Rio no fim da temporada de 2011, mas balançou a rede pela primeira vez com o Botafogo já no meio de junho, justamente diante de seu ex-clube, o Internacional. Em jogo realizado no Beira-Rio, em Porto Alegre, ele fez um dos gols da vitória alvinegra sobre o Colorado, por 2 a 1.

Durante o Estadual, o meia fez 15 partidas, mas não conseguiu marcar. Em seu primeiro clássico, contra o Flamengo, ele chegou a colocar uma bola no travessão. No Brasileiro, o jejum de Andrezinho foi um pouco menor: apenas dois jogos.

Você comentarista: