Sócio-torcedor do Atlético atinge 100% de adesão

Com o sucesso do programa 'Galo na Veia', o clube de Minas Gerais terá um acréscimo de R$ 1 milhão em sua receita

Thiago Fernandes - 06/08/2012 - 14:59 Belo Horizonte (MG)

Festa da torcida mineira no Independência ficará menos bonita (Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro)

O programa de sócio-torcedor do Atlético-MG, o 'Galo na Veia', atingiu 100% de adesão neste mês de agosto. Três meses após sua criação, o projeto conseguiu 5.400 sócios. Com isso, o clube mineiro chegou ao número esperado de associados e a arrecadação do clube aumentará em cerca de R$ 1 milhão, caso não haja inadimplência.

Para se tornar um sócio do programa, os torcedores alvinegros desembolsaram R$ 35 referentes à taxa de inscrição, além do valor de R$ 200 mensais. Com o programa, os atleticanos têm direito à entrada liberada nos jogos do time no Estádio Independência, caso o Galo seja o mandante da partida. A entrada dos torcedores ocorre pelo portão 2 do Campo do Horto, na rua Ismênia Tunes.

Apesar da adesão total ao sócio-torcedor, o diretor de comunicação do Atlético-MG, Domênico Bhering, deixa um alerta aos interessados em se filiar ao programa.

- Hoje, o Galo na Veia está esgotado. Agora, estamos fazendo uma contabilidade para saber quantos se filiaram ao programa, mas não pagaram, o que é um número muito baixo de torcedores. No fim, vamos disponibilizar esses programas para pessoas que têm interesse em participar - disse, ao LANCENET!.

O 'Galo na Veia' tem muitos adeptos desde a sua criação, em maio deste ano. No entanto, a boa campanha do time no Campeonato Brasileiro - líder com 32 pontos conquistados em 13 rodadas - alavancou o número de associados.

Você comentarista: