Empate contra o Atlético-GO serve de lição para o Galo

Empate diante do Dragão é ruim para o Atlético-MG, mas servirá de lição para que tropeços similares não aconteçam mais

LANCEPRESS! - 17/08/2012 - 09:00 Belo Horizonte (MG)

Cuca - Atlético-MG (Foto: Gil Leonardi)

O empate do Atlético-MG diante do Atlético-GO, na última quarta-feira, não era o resultado esperado pelos jogadores alvinegros.


Mas a vitória que não veio em Goiânia ensina uma valiosa lição para uma equipe que estava empolgada diante de duas importantes vitórias nas últimas rodadas.

Já com a cabeça pensando no Botafogo – neste domingo, no Estádio Independência – o técnico Cuca sabe que um empate como o obtido diante do Dragão não poderá mais se repetir na competição. Principalmente por conta das circunstâncias que foram criadas na partida e também na rodada – um jogador a menos do adversário desde os 21 minutos da etapa inicial e o tropeço do vice-líder Fluminense contra o rival Cruzeiro, em Minas.

– É um empate que sai com sabor de derrota até porque, hoje (quarta) que era um noite que poderíamos estar jogando até agora que não iríamos ganhar – disse o comandante, que admitiu que não conseguiu melhorar a equipe durante as substituições feitas no segundo tempo:

– Tem que saber administrar uma má noite e temos que saber valorizar esse pontinho que iremos trazer após jogar fora de casa. Hoje não fizemos as escolhas certas e não vencemos uma partida que poderíamos ter vencido – afirmou.

Vitória não virá sempre

Com apenas um derrota no Campeonato Brasileiro, a Massa se acostumou a ver o Atlético vencer nas últimas rodadas. Porém, o tropeço em Goiânia passa a mensagem de que o Galo nem sempre será capaz de superar seus rivais. Assim, o resultado diante do xará também tem este aspecto positivo.


– (O empate) vai servir para tirar uma lição, que nem sempre vamos vencer – afirmou Ronaldinho.

Você comentarista: