No Atlético-MG, Cuca repete esquema tático de sucesso

Estratégia com um dos laterais como terceiro zagueiro deu certo no Cruzeiro e no Botafogo

Frederico Ribeiro
Vinícius Las Casas
- 14/02/2012 - 08:00 Belo Horizonte (MG)

Cuca comanda treino do Atlético-MG (Foto: Ramon Bitencourt)

Quando Cuca mudou de lado, em Belo Horizonte, e foi treinar o Atlético-MG, rival do clube que comandou por último, deve ter levado a prancheta onde anota o esquema tático da equipe, sem fazer nenhum tipo de alteração.

Isso porque a disposição tática do clube alvinegro, neste começo de 2012, é basicamente a mesma que o técnico utilizou no Cruzeiro, durante o primeiro semetre do ano passado, quando foi o melhor time da primeira fase da Copa Libertadores: um falso 3-5-2, com um lateral improvisado como terceiro homem da defesa, um outro lateral com liberdade para atacar e um meio de campo formado por dois volantes de forte marcação.

Se no time celeste, Cuca prendia o lateral-direito Pablo como um terceiro zagueiro, na Cidade do Galo, quem faz essa função é Richarlyson, só que pelo lado esquerdo da defesa atleticana.

Ao LANCENET!, Leandro Guerreiro explicou como Cuca montava o time no Cruzeiro e no Botafogo, ex-clube do volante da Raposa.

- O Cuca gosta deste jogador que compõe a defesa e que tenha uma boa saída de bola, uma técnica maior. Foi assim no Botafogo, com o Luciano Almeida, quando ele liberava o Joilson, do outro lado. Foi assim no Cruzeiro, também, quando o Gilberto chegava mais na frente, do lado esquerdo, enquanto o Pablo equilibrava a defesa se resguardando lá atrás - avaliou.

Essa filosofia de jogo também foi pregada quando Cuca encantou o Brasil, comandando o time vistoso do Botafogo, há cinco anos. Na ocasião, o clube carioca atuava com jogadores rápidos na frente, assim como o Galo de hoje, que conta com Escudero, Bernard e, principalmente, com Neto Berola.

- O Berola entra para dar velocidade pelos lados de campo, e isso que nós faremos, principalmente nos jogos em casa. Essa é, a princípio, o comportamento que imaginamos para o Atlético - disse Cuca.

Você comentarista: